Voltar

Publicações



16/05/2022
16 Tendências para o mercado de escritórios de advocacia

O mercado jurídico tem mudado, apesar das sociedades de advogados terem se estruturado, por muito tempo, somente para divisão de custos administrativos (como locação, recepção e contabilidade), o que implicava na separação dos lucros recebidos por cada profissional.

Valorizando cada vez mais o coletivo, tem surgido uma forte tendência de adesão a modelos de remuneração mais cooperativos, como o do "Me" (eu) para "We" (nós), segundo o nosso sócio-fundador e consultor, Mario Esequiel, e o consultor da Culture Speaks, Carlos Eduardo Lacaz.

Esse modelo parte da percepção de que o coletivo agrega muito mais do que o individual e possibilita incentivar o crescimento da organização de modo saudável, produtivo e eficiente, inclusive revertendo maior ganho para todos.

Através dessa estratégia, que atinge um dos pontos mais sensíveis de um escritório: a remuneração, é possível investir em atividades coletivas, como a promoção da marca do escritório, ações institucionais e cross selling (venda cruzada).

Para conferir mais a respeito, siga-nos nas redes sociais ou acesse o conteúdo na íntegra: https://bit.ly/3xu2o9B.



Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso site, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa política de privacidade.
Saiba mais
Estou de acordo